Category Archives: navegar e preciso

um pc simples (sem monitor) por 169 USD…

Os computadores na sua versão mais simples, entendendo isso como um computador que dá para navegar na Internet, conversar pelos sistemas de mensagens instantâneas, consulta de correio, e até trabalhar no (Open) Office!

Num artigo do Slashdot falam numa tal de Lindows Webstation, e há até dois modelos do mesmo: iDOTpc e o TigerDirect. Ambos na sua versão base não têm disco duro e o correm o sistema operativo Lindows directamente de um CDROM.

Com este tipo de solução aliado a um (onde existe) acesso de banda larga (tv cabo ou ADSL) até que saí mais barato instalar uma pequena sala de computadores para acesso à Internet…

É claro que para os utilizadores mais virados para o Linux existe a solução do CD Knoppix Linux.

O que é o TrackBack (num Blog)?

Para quem deseja perceber melhor o que é o TrackBack a Movable Type com a ajuda de Mena e Ben Trott prepararam um documento com uma resposta muito completa: A Beginner’s Guide to TrackBack, que está citado também no Six Log da MT.

Acho este conceito tão extraordinário, é que de facto é um automatismo de um mecanismo social.

Faz-me lembrar um amigo mais velho, que era professor de história, e que tinha por hábito, com algumas pessoas muito amigas, trocar livros e recortes de artigos de jornais e revistas… Mas quando o faziam, a maioria das vezes os textos eram mutuamente anotados e sublinhados, e dessa forma subtil eles iniciavam por escrito uma “conversa” e troca de pontos de vista, que na maioria das vezes seria continuada em conversas ao vivo posteriormente… – o que achariam esses amigos destes trackback pings

:-)

A videoconferência da Apple no iChat AV e a iSight

Apesar de tudo sempre são reconhecidas algumas vantagens inovadoras na solução iChat AV da Apple.

Para quem está desejoso de experimentar e não conhece ninguém que também tenha a gira câmara iSight, pode sempre navegar até ao My iSight . Com onde encontrará imensas pessoas com quem conversar. Este site inclui uma breve descrição da pessoa incluindo o local, e também um sistema de pesquisa para ajudar na procura.

Podem ler mais aqui: More than just talk – Apple’s iChat AV software and iSight Web camera bring trademark style to video chat.

Os telefones sem fios contra atacam – WVLAN & VoIP versus telefone celular

Gosto de algumas ideias de Scott Rafer, como aquela das redes sem fios virem a ser tão essenciais e ubiqúas como o “ar condicionado” em espaços públicos (de consumo).

É que o equipamento que faz funcionar o ponto de acesso tem reduzido de preço de uma forma vertiginosa, ao contrário dos sistemas de facturação que têm um custo uniforme… Aliás o Rafer diz mesmo que um acesso custará cerca de $3.50 USD diários enquanto que esse mesmo ponto de acesso com sistema de cobrança pode elevar esse valor para quase dez vezes ($30 USD diários).

Acho divertida a ideia da possível perspectiva futura da exigência de portabilidade do contacto de voz da rede fixa ou móvel para a rede de mensagens instantâneas com suporte de voz, como o iChat na rede da AOL!!

Leiam mais aqui: CNN – Will Wi-Fi revolutionize the phone?.

nota de 29 Julho 2003:
E ainda no tema das redes sem fios: artigo no boing boing. que remete para o artigo de Scott Rafer com comentários no WiFinder.

O segundo renascimento da Internet enquanto uma rede cada vez mais participada

O primeiro renascimento já foi há 10 anos, quando no CERN na Suiça inventaram os três WWW – World Wide Web, e que levou em 1993 à criação do primeiro navegador web gráfico – Mosaic, pela NCSA.

Em vez de editar páginas pessoais ou outras passaremos a publicar textos e imagens nos nossos blogs, e para consumirmos esses outros blogs teremos leitores específicos (rss versus html)…

No fundo estamos a reforçar uma das que características que considero únicas na Internet que é a reciprocidade e universalidade de qualquer um poder ser emissor e publicar na Internet, por mais esotérico que seja o seu conteúdo.

Considero que as restantes características da Internet não são tão únicas nesse meio, são muito mais o fruto da confluência de uma série de “ovos de colombo” quase triviais, e que juntos fazem a “magia” da Internet.

Penso que o exercício do blog pode trazer atrás de si um bom hábito de reflexão e participação democrática.

Achei piada a este artigo na CNN – Welcome to the ‘new’ Web, same as the ‘old’ Web

E tem música!?!…

Para quem como eu achou piada à (nova) loja de música online da Apple, e na altura até que achei uma ideia provocante para as belas das Editoras de música tradicionais…

Além de achar à partida uma boa e confortável ideia, considero um grande e importante avanço que nessa nova loja virtual que a Apple abriu todas as editoras desde as pequenas às enormes sejam tratadas da mesma forma (BBC News).

E como última novidade ficamos também agora a saber como é dividido o valor que pagamos por cada música (1 USD) na loja iTunes da Apple…

Temos que 1 USD, dá mais coisa menos coisa, 40 cêntimos vão para a Apple, 30 cêntimos para as Editoras e… os artistas recebem uns magros 12 cêntimos… ainda há mais uma parcelas para mais uns intermediários pelo caminho… (Slashdot – How Labels And Artists Divvy Up Your Dollar Online ; Business2 – The MP3 Economy).